Como vender online: guia prático para ganhar dinheiro em tempos de crise

Uma das opções para se reinventar em meio às crises é aprender sobre como vender online. Independente do seu nicho, hoje não há mais limites para o que você pode comercializar na internet.

Hoje, quem já possui uma loja pode migrar também para redes sociais ou marketplaces e potencializar as vendas. No entanto, essa mudança exige conhecer as melhores estratégias e saber onde vender. E é justamente por isso que montamos um guia para você sobre como vender seu produto ou serviço pela internet. Acompanhe.

Guia de como vender online

Como vender online

Acompanhe este guia de como vender online e tire alguns insights para aplicar no seu negócio hoje mesmo!

Defina o seu público-alvo e analise a concorrência

O primeiro passo para começar a vender pela internet é definir o seu público-alvo, ou seja, para quem você irá vender. Lembre-se de que na internet quase não há limites e que o público é ainda maior e diverso.

A melhor forma de fazer isso é traçando uma persona, que seria o seu cliente “ideal”. Você pode traçar mais de uma, inclusive. Depois, faça algumas perguntas para conhecer as características dessa persona:

  • Qual rede social ela usa mais?
  • Como ela costuma fazer as suas compras?
  • Como ela prefere fazer contato com marcas?

Ao pensar nisso você conseguirá definir a melhor estratégia de venda online. Enquanto algumas pessoas são mais fãs do Facebook, outras já usam apenas o Instagram, e isso faz diferença para você.

Além disso, não se esqueça da analisar os seus concorrentes. Se o seu negócio é mais local, analise a concorrência em volta na cidade. Caso venda para todo país, analise empresas do nicho com o mesmo tamanho que a sua.

Dessa forma, além de saber como os concorrentes estão se comunicando com o seu público, você poderá acompanhar o que fazer ou não fazer. Boas ideias podem servir de inspiração para criar algo, bem como más ideias são alertas sobre o que evitar.

Crie uma loja online

Se você tem um pouco mais de dinheiro para investir, pode criar o seu próprio e-commerce. Mas atenção: para ser funcional e atrativo, ele precisa conter alguns elementos indispensáveis:

  • Boas fotos dos produtos;
  • Formas de pagamento acessíveis;
  • Divulgação nas redes sociais;
  • Informações de contato em caso de dúvidas;
  • Boa descrição dos produtos.

Ter uma loja online própria permite mais autonomia na hora de vender. Se busca realmente saber como vender online e fazer disso a sua principal renda, então é a melhor alternativa!

Crie um Instagram Shopping

Caso tenha optado por ter o seu próprio e-commerce, você poderá contar com o Instagram Shopping para potencializar as suas vendas. Trata-se de uma funcionalidade que permite criar publicações e marcar os seus produtos nelas, de forma semelhante à marcação de amigos na rede social.

Ao clicar na publicação, o usuário será redirecionado para uma página, onde poderá então conferir maiores informações sobre o produto anunciado. Posteriormente, ao se decidir pela compra, ele será redirecionado para a sua loja virtual de forma orgânica, ou seja, sem a necessidade de anúncios pagos.

Entretanto, cabe ressaltar que para usar o Instagram Shopping alguns requisitos são necessários:

  • Ter um perfil comercial na rede social conectado ao catálogo de produtos do Facebook;
  • Ter um e-commerce, pois as vendas não são feitas pelo Instagram, apenas o redirecionamento;
  • Os produtos vendidos precisam ser físicos e obedecer às políticas e diretrizes da rede social.

Como o Instagram é uma rede social com forte impacto das imagens, lembre-se de focar na qualidade delas. Além disso, procure sempre descrever todos os detalhes do produto/serviço sem que o consumidor precise ficar perguntando.

E quais são as dicas para potencializar as vendas no Instagram? Separamos algumas para você:

  • Interaja com os seguidores sem deixá-los esperando muito tempo;
  • Use boas hashtags para o seu nicho;
  • Utilize sempre a localização;
  • Crie uma bio que mostre bem o tipo de produto que vende;

Uma dica interessante é manter sempre a periodicidade das postagens e conhecer os melhores horários para publicar no Instagram.

Aposte em marketplaces

Entretanto, se você não possui recursos financeiros suficientes para montar a sua própria loja virtual, poderá oferecer seus produtos através de um marketplace. Mas o que é isso afinal? Alguns exemplos bem conhecidos são o Mercado Livre e Estante Virtual. Eles reúnem em um só canal digital vários vendedores e seus respectivos produtos ou serviços.

O início pode ser difícil, pois os clientes optam por quem possui mais vendas e confiança. Entretanto, com o tempo e um bom trabalho de divulgação você poderá crescer. O lado negativo é que parte do lucro vai para o marketplace, mas evita uma série de outros custos.

Venda pelo Facebook

Contudo, se nenhuma das dicas anteriores de como vender online te agradou, dê uma chance ao Facebook. Provavelmente você e seus amigos já utilizam essa rede social, que inclusive, é uma das maiores no mundo. Em 2019, a empresa de Mark Zuckerberg já contava com mais de 2 bilhões de usuários e por isso pode ser uma grande aliada para alavancar os seus negócios.

A partir disso, fica fácil compreender que através dela, você poderá vender seus produtos ou serviços de forma muito mais fácil. Você pode, inclusive, transformar os seus próprios amigos em potenciais clientes. É claro que o primeiro passo para isso é criar uma página comercial no Facebook.

Trata-se, na realidade, do seu perfil comercial na rede social. Ele oferece funcionalidades importantes, como relatórios, segmentação de público-alvo e ainda permite que você se conecte com um número ilimitado de pessoas.

Porém, lembre-se de postar boas fotos e também de ser transparente. Portanto, informe sempre aos clientes os seus meios de contato, como telefone e e-mail, por exemplo. Isso dará mais credibilidade ao seu negócio e certamente impulsionará as suas vendas.

Transforme o seu WhatsApp em um canal de vendas

Mais recentemente, o WhatsApp também se tornou uma forma de como vender online. Uma dica interessante é criar um Instagram Shop e/ou uma página no Facebook e encaminhar o cliente para fechar a venda pelo WhatsApp.

Entretanto, você pode vender através dele mesmo sem rede social envolvida. O ideal é ter um base de telefones dos seus clientes regulares e enviar novidades a eles. No entanto, procure não ser invasivo e respeite caso a pessoa não queira receber as mensagens.

Outra dica para vender pelo WhatsApp é investir na versão business do aplicativo. Dessa forma, você cria um perfil comercial e passa a enviar fotos e informações dos seus produtos ou serviços aos seus contatos de forma mais profissional.

Porém, em ambos os casos, evite a demora na hora de responder. Hoje, se você demora muito a retornar o contato, o consumidor em poucos minutos encontra o seu concorrente.

Invista em mídia paga ou faça parcerias com influencers digitais

Como vender online sem divulgação? A internet está cada vez mais concorrida, seja nas buscas do Google ou redes sociais, o que exige uma boa divulgação.

Você pode fazer isso de diversas formas. Uma delas é através de parcerias com outras empresas ou influenciadores digitais. Há também os anúncios de mídia paga, que são ótimos para quem está começando.

Com o Facebook Ads é possível fazer pequenos investimentos diários para atingir o seu público-alvo no Facebook ou Instagram. Já para quem vai criar um site, a dica é apostar no Google AdWords, mas essa ferramenta exige um investimento mais alto para ter retorno.

Aposte no seu potencial!

Antes de entender como vender online, lembre-se de apostar no seu potencial. É isso o que diferencia a maioria das pessoas que começou vendendo aos poucos e hoje tem toda expertise. Lembre-se: na hora de vender online é importante acreditar, insistir, divulgar e arriscar.

Além disso, tenha em mente que assim como em qualquer tipo de negócio, você deverá ter criatividade. Inclusive, essa é a melhor maneira de aumentar as suas vendas e manter-se de pé em qualquer crise.

Ainda não sabe como divulgar o seu negócio na internet? Então clique aqui e conheça as soluções da Agência La Graine para a sua empresa.